Na última sexta-feira (17), foi a vez da emissora americana ABC tomar o palco do Television Critics Association para as coletivas de imprensa que vieram a revelar mais sobre as novidades e os planos da emissora para este ano.

Paul Lee, presidente da divisão de entretenimento, deu um panorama sobre o status de várias séries na visão dos executivos da emissora — aqueles que têm a última palavra sobre sua renovação ou cancelamento.

Confira os destaques da conferência, segundo informações do Spoiler TV.

Cancelamentos

Fonte da imagem: ShutterStock

Quanto a Lucky 7, estreante que durou duas semanas na televisão, o executivo declarou que poderia ter se saído melhor se tivesse sido exibida às 20h. A série ficava no horário das 22h das terças-feiras, batendo de frente com Person of Interest e Chicago Fire.

Comentando sobre The Assets, recentemente também cancelada depois de dois episódios, Lee disse estar estudando como exibir os capítulos restantes.

Body Proof, segundo o executivo, foi cancelada pela segunda vez, porque “não achávamos que ia crescer”.

Spin-off do Capitão América

Hayley Atwell pode ganhar sua própria série focada na agente Carter. Fonte da imagem: Divulgação/Marvel

O executivo confirmou que a emissora já recebeu o primeiro script de Agent Carter, spin-off do primeiro filme do Capitão América, projeto em desenvolvimento na emissora. O potencial novo drama já tem showrunners (os criadores de Reaper) e sua protagonista (Hayley Atwell, do filme) confirmados, caso vire realidade.

Agent Carter se passa um ano depois dos eventos mostrados no filme Capitão América: O Primeiro Vingador, de 2011, para focar na namorada de Steve Rogers construindo sua carreira como uma agente secreta, enquanto o herói congela no gelo. “Isso certamente tem uma boa chance de estar na emissora”, disse Lee.

Por enquanto, o projeto está nos primeiros estágios de desenvolvimento, e nem tem uma encomenda de piloto ainda.

Quem não vai bem

Presidente da emissora assume culpa por Once Upon a Time in Wonderland não ter decolado. Fonte da imagem: Divulgação/ABC

Sobre The Neighbors, Paul Lee não teve exatamente boas palavras, deixando claro que gostaria que a série estivesse se saindo melhor. Na mais recente análise do TV by the Numbers, The Neighbors, pela sua baixa audiência, não terá uma terceira temporada.

Killer Women, outro possível cancelamento futuro da emissora, vai terminar sua exibição mais cedo do que o anunciado anteriormente por conta do lançamento da nova série Mind Games. No entanto, Lee prometeu exibir a série até 25 de fevereiro pelo menos, que é o dia da estreia de Mind Games em seu horário definitivo.

Paul Lee admitiu que a culpa por Once Upon a Time in Wonderland não estar dando certo como eles tinham imaginado é toda dele. O executivo disse que devia ter mantido o plano original de exibir a série como uma ponte entre as duas metades de temporada de Once Upon a Time: “Eu assumo total responsabilidade [pela série] não ter decolado como eu queria. Nenhuma decisão sobre seu futuro [ainda], mas teremos que decidir logo”.

Trophy Wife tem alguma possibilidade de ser renovada, nas palavras do presidente da emissora, mas precisa aumentar sua audiência para isso. Para o TV by the Numbers, essa chance de renovação é bem remota.

Só elogios

Castle foi chamado de "um dos maiores trunfos" da emissora. Fonte da imagem: Divulgação/ABC

Suburgatory demorou para chegar nesta temporada, mas parece ir bem, se acreditarmos nas palavras do executivo, que declarou amar a série. Ele ainda disse que Suburgatory está se saindo muito bem em seu retorno às quartas-feiras na televisão americana.

Paul Lee foi só elogios para Revenge, dizendo que a série consegue levantar sua própria audiência, independente do que passe antes. O executivo ainda prometeu um grande arco para o fim desta terceira temporada, revelando que já houve conversas com os produtores sobre como será a quarta temporada.

Castle também foi elogiada e chamada “um dos maiores trunfos da emissora”. Modern Family, que ganhou diversos prêmios neste fim de semana, não ficou para trás nos elogios do presidente da emissora, que disse estar orgulhoso da comédia, assim como disse estar orgulhoso de Scandal.

Entre os novatos, só The Goldbergs se saiu bem na fala do executivo: “É uma ótima série e poderia ficar na ABC por muitos anos”.

Novidades

Lady Sif, de Thor, vai aparecer em Agents of S.H.I.E.L.D. Fonte da imagem: Divulgação/Marvel

Agents of S.H.I.E.L.D. foi denominado “o maior drama masculino” da emissora. Lee disse estar orgulhoso do enredo nos últimos nove episódios da temporada. Ele prometeu que vamos descobrir quem Clairvoyant é pelo fim da temporada e que Lady Sif, do filme Thor, interpretada por Jaimie Alexander, vai aparecer no 15º episódio. Lee ainda admitiu que demorou um tempo, mas a série achou o seu ritmo.

Sobre o Once Upon a Time, o executivo declarou o que todos os fãs estão esperando: a Bruxá Má do Oeste será uma grande parte dos nove episódios finais da temporada. Saiba mais sobre o que acontece no retorno de Once Upon a Time, em março, aqui.

E você, o que achou das declarações da ABC sobre suas séries?