Melhores séries de 2011: confira a nossa lista!

  • Por Bárbara Brasileiro em 30/12/2011 - 15:46

Fim de ano é a época de listas de melhores séries em todos os sites especializados no assunto e no Minha Série não é diferente. Para comemorar a passagem de ano, cada redatora fez sua lista de Top 5 melhores séries atuais, com direito a menções honrosas.

Top 5 da Bárbara

Quando discutimos sobre como fazer essa lista, ficou claro que limitar o número de indicações a cinco ou dez resultaria em deixar grandes séries de fora. Então fizemos o Top 5 com as séries que são praticamente a nossa razão de ver TV atualmente e demos um “jeitinho” de encaixar aquelas que também amamos nas menções honrosas.

Game of Thrones

Os trailers já prometiam uma série épica, ainda mais com a HBO por trás do projeto. No fim do primeiro episódio, a última cena me deixou sem ar e tive a certeza de que aquela era a melhor série da temporada 2010/2011. Não retiro o que disse. E ainda corri para ler os livros, tendo chegado ao começo do terceiro até agora. A adaptação da HBO é fantástica, detalhista, com atuação, cenário e enredo impecáveis — certamente uma das melhores produções da TV nos últimos anos.

Fringe

Meu conselho para quem quer começar a ver Fringe: tenha paciência com a primeira temporada, o fim dela compensa e dali para frente você não vai mais conseguir largar. Fringe foi montando uma mitologia surpreendente que cresce temporada a temporada. O fim de cada ano é épico e, apesar de muitos estarem decepcionados com esta quarta temporada, ainda acho que ela está muito boa.

The League

Politicamente incorreta, irreverente e recheada de cenas e falas que vão te deixar vermelho se você assistir acompanhado de sua mãe: essa é a melhor comédia atual para mim, simplesmente porque ela me faz rir alto em todos os episódios. Infelizmente as legendas são um sofrimento para achar; no entanto, se você tiver a oportunidade e o interesse, tente assisti-la.

Community

Community virou um fenômeno cult, mas a cada ano seus fãs temem pelo cancelamento. A série tem seus altos e baixos, com episódios que fazem você dizer “essa é a melhor comédia do mundo de todos os tempos”, enquanto outros são bem medianos. Referências a todo um universo nerd, ironia e originalidade ao reclicar velhos clichês de sitcoms são fortíssimas qualidades de Community.

Mad Men

Nenhum Emmy ou Globo de Ouro que Mad Men levou foi desmerecido. O ritmo lento e grave pode afastar algumas pessoas, mas quem gosta de uma série que faz pensar, essa é uma ótima pedida. Grande elenco e direção, enredo impecável e fins de temporada que sempre fazem você dizer “meu Deus, e agora?”. Admito que a série tem seus maus momentos, com muitos episódios que fazem bocejar; mas aí chegam aqueles com reviravoltas surpreendentes e você se apaixona novamente.

Menções honrosas

Não poderia deixar de comentar: The Good Wife, a melhor série atual jurídica; Homeland, a melhor estreia deste Fall Season; Breaking Bad, sobre a qual há um consenso geral de que se trata de uma das melhores séries de todos os tempos; Parks and Recreation, Modern Family, Cougar Town e Raising Hope, que estão entre as maiores comédias atuais; Vampire Diaries, que tem uma mitologia cada vez melhor; 2 Broke Girls, a melhor estreia de comédia nesta temporada (New Girl é legal, mas ainda precisa achar seu ritmo). Também sou muito fã de Dexter e White Collar, apesar de estar bem atrasada com ambas.

E que venha 2012 com mais estreias nesse midseason que se aproxima — na esperança de que os primeiros meses do ano salvem este Fall Season, que sinceramente deixou a desejar. Boas festas de fim de ano para todos!

Top 5 da Beatriz

Escolher o meu top 5 de séries neste ano não foi tarefa fácil, especialmente quando podemos colocar na lista as séries antigas que estão no ar. Mas como missão dada é missão cumprida, vamos a elas!

How I Met Your Mother

Aí está uma série que me cortaria o coração se fosse cancelada (como mais duas temporadas estão garantidas, o sossego é impagável). A identidade da mãe não é mais tão importante quanto a ligação com estes personagens, que passam cada vez mais por situações hilárias e difíceis, o que mostra que eles estão em constante evolução.

Fringe

Apesar dos baixos índices de audiência, é uma série com um dos melhores roteiros da atualidade. Misturando ficção científica e muito drama, é impossível ficar imune aos acontecimentos ou não se perguntar o que virá a seguir. A grande sacada é surpreender, algo que Fringe faz muito bem.

Community

Community usa todos os tipos de referência possíveis para contar uma história, apresenta personagens de uma maneira inteligente e é extremamente bem montada. Fora isso, é uma série que usa a metalinguagem como ninguém, discorrendo sobre o fazer de uma cena e deixando que cada espectador curta uma cena em níveis diferentes. Esperamos que ela retorne o quanto antes!

Bones

Sinceramente, comecei a assistir Bones há pouco tempo, mas mesmo assim já me torei fã de carteirinha de uma série que usa casos semanais e, ao mesmo tempo, desenvolve relações como ninguém. Acho que a relação de Booth e Brennan elevam a série a outro patamar, diferenciando-a das demais do mesmo estilo.

Once Upon a Time

Esta série está na lista para representar as estreantes que já chegaram cativando o público, caso de The Killing e Homeland neste ano. No meu caso, adoro histórias de fantasia, portanto não foi difícil me apegar aos personagens e já ficar morrendo de medo de um possível cancelamento, já que a série marca audiências cada vez menores a cada semana. É, vida de fã de séries não é nada fácil!

Menções honrosas

Tantas séries ficaram de fora que chega a ser injusto com esta humilde redatora, que não conseguiu nem de perto mostrar aquilo que realmente gosta.

Portanto, esta menção honrosa (com cara de lista) vai para House, Grey’s Anatomy, Game of Thrones, Dexter, Modern Family, New Girl, The Big Bang Theory, The Good Wife, Vampire Diaries, Chuck, Supernatural, 2 Broke Girls e muitas outras que continuam na minha lista semanal, mas que acabaram fora de um top 5 tão pequenino.

Também entram na menção honrosa Breaking Bad e Sons of Anarchy, que estão na fila para serem assistidas e que só recebem ótimas críticas. E para vocês, um Feliz Natal e um 2012 recheado de muitas séries e poucos cancelamentos!

Top 5 da Joana

Escolher apenas cinco das minhas séries preferidas foi uma tarefa muito difícil. Cada vez que fechava a lista e olhava para as selecionadas sentia que estava traindo as séries que tinha deixado de fora. Mas como não há nem tempo nem espaço para falar de todas, aqui vai a minha lista com as cinco melhores de 2011.

American Horror Story

Sou fã de carteirinha do suspense e terror, mas veja bem: eu gosto de histórias do gênero, não aquela coisa sem pé nem cabeça em que, no máximo, que você consegue levar alguns sustos, tão comuns nas produções da área. Quando li sobre American Horror Story fiquei entre um misto de excitamento e apreensão, pois não é comum um projeto assim aparecer na TV. Para a minha total felicidade, a série não decepcionou em nada! Ótima história, personagens envolventes, atores excelentes, tudo unido formando, em minha opinião, a melhor estreia da temporada.

The Walking Dead

Como já havia falado sobre a minha paixão pelo terror, não é nenhuma surpresa que The Walking Dead esteja na minha lista, não é? Achei muito envolvente a história dos sobreviventes do apocalipse zumbi, principalmente nessa segunda temporada onde as relações interpessoais estão mais destacadas, criando novos dramas e mais suspense.

Game of Thrones

Tudo no universo de Game Of Thrones é maravilhoso! Cenários, personagens, história, nada deixa a desejar. O mundo criado por George R. R. Martin foi transferido para as telinhas de maneira perfeita, envolvendo os espectadores de uma maneira impressionante. Gostei tanto que comecei a ler os livros (já acabei o segundo), o que, além de um ótimo passatempo, faz com que você perceba melhor as sutilezas do enredo.

Bones

Outro item na minha lista de paixões são as histórias policiais, e quem assiste Bones sabe que nesse quesito a série é perfeita. O melhor é que ela consegue unir ótimos casos, com histórias pessoais bem montadas e envolventes. E como se já não fosse pouco, ela ainda nos apresentou a um dos casais mais fofos da televisão: Booth e Brennan.

Castle

A quinta série da lista foi a mais difícil! Fiquei uma eternidade tentando escolher entre Castle e The Mentalist, mas no final o carismático escritor acabou ganhando. Mesmo com todo o drama criado pelo ótimo roteiro, há boas pitadas de humor, decorrentes do comportamento de Castle, que criam uma atmosfera muito envolvente. Mas tenho de admitir que o que garantiu o seu lugar na lista foi mesmo o incrível episódio do final da terceira temporada.

Menções honrosas

Com uma lista tão pequena, é difícil não ter uma lista enorme de menções honrosas, dando a todas as minhas queridas companheiras de noite a sua devida atenção, mas vou tentar resumir para não acabar com a paciência de vocês.

Então vamos lá: The Mentalist, CSI (Las Vegas e Miami), Dexter, a estreante Grimm, The Big Bang Theory (sim, eu também gosto de comédia!), Criminal Minds e a britânica The Fades.

Não consigo deixar de citar algumas que já estiveram no meu top, mas que ultimamente estão deixando a desejar: Supernatural, House, Grey’s Anatomy e Glee.

Um ótimo Ano Novo para vocês, cheio de alegrias e realizações!

***

E então, qual é o seu Top 5 de 2011?

Assuntos
Especiais

Comentários ( )