Apenas algumas horas após a notícia de que as personagens de Jessica Capshaw e Sarah Drew foram cortadas da próxima temporada de Grey’s Anatomy o noticiário já está tomando por especulações e teorias.

A primeira delas, sugerido pelo site de entretenimento Deadline, é de que o aumento do contrato da protagonista Ellen Pompeo – 20 milhões de dólares pelos próximos dois anos da produção – teria diminuído a folha salarial do resto do elenco, por isso os cortes.

As personagens Arizona Robbins e April Kepner não voltam para a 15a temporada.

Porém, a co-showrunner e roteirista da série, Krista Vernoff, fez questão de ir ao Twitter negar essas suposições. Ela ainda chama as acusações de “errôneas e dolorosas”, além de dizer que essa é uma visão errada do patriarcado de que uma mulher não pode ser bem-sucedida se não for à custa de outras. Vernoff também reforça que a decisão foi pela direção criativa que o programa está tomando e que “essa é a história completa”.

Confira abaixo o texto completo publicado pela produtora:



Veja também: Jessica Capshaw e Sarah Drew comentam saída de Grey’s Anatomy no Twitter