CGI é um recurso cada vez mais usado nos filmes porque permite a criação de efeitos impressionantes e impossíveis de acontecer na vida real. Bem... Nem sempre. Muitas vezes, os diretores, atores e dublês conseguem executar cenas tão bem-feitas que parecem fruto de computação gráfica. Confira a seguir uma lista com 7 filmes que usaram menos CGI do que você poderia imaginar:

1. Os dinossauros de Jurassic Park eram "reais"

Quem diria que os efeitos especiais de Jurassic Park seriam impressionantes mesmo mais de 20 anos depois do lançamento do filme? Os dinossauros da produção eram, na verdade, dispositivos robóticos realistas, e alguns deles eram simplesmente pessoas vestidas como os animais.

2. A explosão do hospital em Batman: O Cavaleiro das Trevas

Pode ser difícil de acreditar, mas não houve CGI em O Cavaleiro das Trevas. Sim, mesmo na cena em que o Batmóvel bate no caminhão de lixo ou na que o caminhão capota. Nolan usou diversos efeitos especiais práticos para criar cenas realistas e surpreendentes, mas talvez o grande destaque seja a cena do hospital, construído apenas para ser destruído. Só havia uma chance de gravar a explosão, e até a interpretação de Heath Ledger foi improvisada, resultando em uma das melhores cenas de todo o filme.

3. Tom Cruise subiu no edifício mais alto do mundo para cena de Missão Impossível: Protocolo Fantasma

Como Tom Cruise prefere fazer a maioria de suas cenas de ação sem o uso de dublês, em 2010 ele teve que demitir a seguradora do filme para conseguir gravar umas cenas pendurado no Burj Khalifa, em Dubai. As filmagens foram bem complicadas, e o ator ficou horas preso por um cabo no 124º andar do edifício.

4. Os efeitos visuais em Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças

Michel Gondry dirigiu o filme e dispensou o uso de CGI em muitas cenas, usando apenas truques de set, edição e câmera para criar a atmosfera da mente de Joel Barish (Jim Carrey). Por exemplo, na cena com o "Baby Joel", além de um excelente trabalho de atuação e direção, o único recurso utilizado foi a ilusão de ótica.

5. A cena da bandeja em Homem-Aranha

Talvez você ache difícil de acreditar, mas a cena em que Tobey Maguire consegue pegar todos os itens da bandeja enquanto segura Mary Jane (Kirsten Dunst) foi feita sem o uso de computação gráfica, apenas com a bandeja colada com supercola. Foram necessárias 156 tentativas, mas o importante é que o ator conseguiu.

6. 007 - Cassino Royale quebrou recordes

O mundo de James Bond conquistou vários recordes desde a chegada de Daniel Craig na franquia. Um dos primeiros recordes aconteceu em Cassino Royale, primeiro filme protagonizado por ele, quando o dublê Adam Kirley fez uma manobra de sete giros verticais com o carro do espião em um único golpe.

7. A explosão do café em Paris em A Origem

Como o diretor Christopher Nolan dá preferência para realizar cenas impressionantes sem o uso de computação gráfica, em A Origem, na cena do café em Paris, foram utilizados canhões de ar comprimido para explodir tudo enquanto a cena era filmada em câmera lenta. Leonardo DiCaprio e Ellen Page foram gravados com as mesmas câmeras antes que se mexessem, e o resultado é fruto de uma ótima edição de imagem.

Este texto foi escrito por Juliana de Carvalho via n-Experts.