Mais um nome da indústria de entretenimento a ser acusado de assédio sexual vem diretamente das séries com os heróis da DC.

A Variety revelou que o produtor Andrew Kreisberg, que servia como co-showrunner de Supergirl e The Flash, além de possuir cargo de produtor executivo de Arrow e Legends of Tomorrow, foi afastado de suas funções enquanto a Warner TV investiga as acusações de assédio sexual e contato físico inapropriado.

“Fomos informados recentemente sobre alegações de má conduta de Andrew Kreisberg", afirmou a Warner Bros. TV Group em comunicado. “Nós suspendemos o Sr. Kreisberg e estamos conduzindo uma investigação interna. Levamos todas as alegações de má conduta extremamente a sério e estamos empenhados em criar um ambiente de trabalho seguro para nossos funcionários e todos os envolvidos em nossas produções”.

Andrew Kreisberg é afastado do trabalho após acusações de assédio. Fonte da imagem: Reprodução/IMDb

Na reportagem da Variety, 19 testemunhas (que preferiram manter anonimato por medo de represália da Warner TV) contaram que Kreisberg tinha o hábito de tocar e às vezes beijar pessoas sem permissão, e frequentemente fazia comentários de teor sexual para colegas e funcionárias.

Kreisberg negou publicamente as acusações: “Eu fiz comentários sobre a aparência e as roupas apenas na qualidade de produtor executivo, sem intenções sexuais. Tenho orgulhosamente treinado colegas masculinos e femininas por muitos anos. Mas nunca de uma maneira indesejável e certamente nunca de uma maneira sexual”.

Uma investigação está sendo realizada pela Warner Bros. TV Group, com cooperação da Berlanti Productions.