Todo maratonista de série que se preze tem a sua lista de personagens favoritos e, claro, muitas vezes eles não são os protagonistas. As razões podem ser várias, mas o fato é que alguns coadjuvantes roubam a cena e ficam sempre nos deixando com um gostinho de “quero mais”. Por isso, separamos alguns dos que mereciam as suas próprias séries.

1. Carol, The Walking Dead

The Walking Dead tem personagens fortes e intrigantes, e Carol, interpretada pela atriz Melissa Mcbride, é um ótimo exemplo disso. Com uma trajetória muito peculiar, assistimos à sua evolução: Carol passou de mulher aparentemente frágil e constantemente agredida e silenciada pelo marido a uma lutadora incessante. Sem dúvidas, esta personagem merecia uma série própria em que pudesse ser ainda mais “badass”.

2. Daryl Dixon, The Walking Dead

Eu disse que The Walking Dead tinha personagens fortes, não foi? Apesar de, originalmente, não existir nos quadrinhos, Daryl Dixon sem dúvidas se destacou durante a série e ganhou, com toda a razão, muito espaço junto aos principais personagens. Seria muito interessante acompanhar a história dele antes do apocalipse zumbi: a infância e o relacionamento conturbado com a família, descobrindo, por exemplo, como ele e o irmão Merle se saíram após a morte da mãe, que faleceu em um incêndio causado pelo cigarro que ela fumava.

3. Barney, How I Met Your Mother

Eu, sinceramente, não quero viver em um mundo sem Barney Stinson! Por mais que o incrível Neil Patrick Harris esteja no ar em “Desventuras em Série”, não dá para negar que seria ótimo ver as aventuras Legen...(wait for it)...dárias do seu mais famoso personagem. Já dá até para imaginar alguns episódios mostrando a adolescência de Barney e todos os seus truques para conquistar as mulheres.

4. Arthur Mitchell/Trinity, Dexter

Considerada uma das melhores temporadas da série e, sem dúvidas, um dos finais mais chocantes e imprevisíveis, a season 4 de Dexter é marcada pelo surgimento do inesquecível serial killer Trinity! Nos primeiros episódios, somos apresentados a Arthur Mitchell, pai de família, diácono da igreja, voluntário: um cara que parece ser muito gente boa. Mas, por trás de toda a “bondade”, se esconde um perigoso e sanguinário serial killer. Seria muito interessante acompanhar toda a jornada de Arthur Mitchell, descobrindo em que momento da sua vida ele se rende aos seus desejos obscuros e passa a assassinar tantas pessoas.

5. Eddard Stark, Game of Thrones

Se você, assim como eu, não havia lido os livros de George R. R. Martin, é possível que tenha passado os primeiros episódios completamente desesperado com a triste sorte da família Stark, mas com aquela esperança no coração de que as coisas mudariam — pelo menos até o momento em que você vê, incrédulo, a morte de Eddard Stark. O personagem era tão bom e se foi tão cedo que deixou muitas saudades e, por que não, curiosidade. Será que a história de Eddard renderia um spin-off? Eu acho que sim!

O seu passado ainda guarda muitos mistérios, como a sua relação com o também falecido rei Robert Baratheon. Embora saibamos que Robert confia em Eddard, tanto que chegou a oferecer (quase obrigando) a posição de “Mão do Rei”, a profundidade de seu relacionamento ainda é misteriosa ao longo da série. Seria ótimo acompanhar os fatos que levaram Robert ao poder, incluindo a batalha que vitimou o Rei Louco.


6. Aerys II Targaryen, Game of Thrones

E por falar em Game of Thrones, não seria ótimo assistir a uma série que mostrasse ainda mais sobre o famoso “Rei Louco”, seu irmão Rhaegar e toda a família Targaryen?

7. Andy Dwyer, Parks and Recreation

Deixando de lado as histórias pesadas e tantas tragédias, nós poderíamos garantir muitas risadas ainda com Andy Dwyer. Ok, você logo vai matar as saudades de Chris Pratt em Guardiões da Galáxia Vol. 2, mas o ex-namorado atrapalhado de Ann Perkins bem que merecia um espaço para nos mostrar mais sobre a sua incrível banda “MouseRat”.

8. Tom Haverford e Jean-Ralphio, Parks and Recreation

Já que Andy merece estrelar um spin-off, por que não dar uma chance a Tom Haverford e Jean-Ralphio? Imagine uma série em que eles pudessem realmente colocar todas as suas ideias absurdas de negócios em prática? Seria demais!

9. "Gus" Fring, Breaking Bad

Não precisamos nem dizer o quanto Breaking Bad foi importante e, apesar de Walter White e Jesse Pinkman serem personagens incríveis, Gus também teve estrela e brilhou no seriado sendo frio, metódico e impiedoso. Por isso, um spin-off de Gus poderia mostrar sua ascensão como negociante de metanfetamina, sua relação com os cartéis mexicanos e a compra do famoso “Los Pollos Hermanos”.

10. Ruby e Dorothy, Once Upon a Time

A série Once Upon a Time tem personagens suficientes para outras três séries, ok. Mas tem como não desejar um spin-off com o casal Ruby e Dorothy? O romance entre elas já é o suficiente para nos fazer maratonar uma série de episódios, ainda mais se estivermos bem acompanhados.

11. Krystal, Orphan Black

Pode até parecer bizarro, mas o talento da atriz Tatiana Maslany, que dá vida a diferentes e curiosos personagens na série Orphan Black, faz com que algumas de suas “personas” ganhem ainda mais destaque e mereçam uma série para “chamar de sua”. Entre os clones, temos Krystal, que renderia um spin-off cômico com muito salto alto, vestidos curtos e longas unhas.

12. Sue e Brad, The Middle

Sue e Brad se conhecem desde... sempre? Se você assiste a The Middle, certamente tem curiosidade de acompanhar toda a história dos dois durante o colégio e a universidade.

13. Deirdre, Unbreakable Kimmy Schmidt

Deirdre é rica e gosta de esfregar isso na sua cara. Um spin-off dela seria a nossa chance de vivenciar uma das personagens mais histéricas e um verdadeiro show de como o mundo dos ricos pode ser extremamente excêntrico.

  • Bônus: As séries que são spin-offs!

Saindo dos nossos “sonhos” e passando para a realidade, temos muitos exemplos de spin-offs bem-sucedidos e outros... nem tanto. Olha só:

Better Call Saul

Saul Goodman, o famoso advogado trambiqueiro de Breaking Bad, ganhou sua própria série depois do sucesso do personagem. O show é um prelúdio de Breaking Bad e tem participações de nomes envolvidos na história de Walter White.

Joey

De Friends, o personagem Joey, interpretado por Matt LeBlanc, ganhou um spin-off dirigido por seu ex-colega David Schwimmer, que vivia Ross Geller na sitcom. Infelizmente, a série teve apenas duas temporadas e foi cancelada por sua baixa audiência.

Private Practice

Personagem de sucesso em Grey’s Anatomy, a Dra. Addison Montgomery ganhou seu próprio spin-off quando decidiu trabalhar no Oceanside Wellness Group, na Califórnia.

Os Simpsons

Muita gente não sabe, mas Os Simpsons, uma das famílias mais famosas do mundo, começou como uma série de curtas para o programa The Tracy Ullman Show.

Agora que você já viu a nossa lista, nos conte: qual personagem você acha que deveria ganhar a sua própria série?

Este texto foi escrito por Camila Galvão via N-Experts.