A renegociação de contratos da série The Big Bang Theory continua, e depois do acerto dos atores Jim Parsons, Johnny Galecki, Kaley Cuoco, Kunal Nayyar e Simon Helberg, agora é a vez das garotas Mayim Bialik e Melissa Rauch buscarem um acordo para mais duas temporadas da comédia.

Segundo a Variety, Bialik e Rauch estão exigindo um aumento salarial significativo para continuar no programa – mas com toda razão. As duas atrizes recebem hoje cerca de US$ 200 mil por episódio cada uma, enquanto seus colegas levam US$ 1 milhão por capítulo da série.

Suas personagens – Amy e Bernadette – fazem parte do grupo fixo de Sheldon e companhia desde a terceira temporada e continuam crescendo em relevância na trama. Mesmo assim, as atrizes continuam recebendo muito menos que seus colegas de cena.

Melissa Rauch (Bernadette) e Mayim Bialik (Amy) buscam aumento salarial. Fonte da imagem: Divulgação/CBS

Como uma grande demonstração de camaradagem entre o elenco, os cinco atores originais da série aceitaram um corte salarial de US$ 100 mil por episódio para que as colegas possam ganhar mais nas próximas temporadas!

No entanto, os US$ 500 mil gerados por essa oferta do elenco levaria os salários das atrizes para US$ 450 mil, ainda abaixo do que as duas gostariam de receber. A Warner Television e a rede CBS estão, portanto, tentando chegar a um acordo para conseguir um valor adequado para as atrizes.

O contrato com as atrizes é a peça que falta para a renovação oficial de The Big Bang Theory para mais duas temporadas. Os atores Jim Parsons, Johnny Galecki, Kaley Cuoco, Kunal Nayyar e Simon Helberg já estão garantidos para a 11ª e a 12ª temporada da série.

Quanto você acha que seria justo que Mayim Bialik e Melissa Rauch recebessem pela série? Elas deveriam ter o mesmo salário que seus colegas? Comente abaixo.