9 atores de séries que quiseram a morte de seus personagens

  • Por Luccas Monteiro em 09/01/2017 - 08:48

1. Adewale Akinnuoye-Agbaje

Personagem: Sr. Eko
Série: Lost

O Sr. Eko era um personagem muito forte em “Lost”, mas seu intérprete não estava muito feliz. A rotina de gravações no Havaí o incomodava, mas foi a morte dos pais que fez com que ele sentisse a real necessidade de voltar ao Reino Unido. Os produtores da série não queriam que ele saísse, mas acataram seu desejo e mataram o personagem no início da 3ª temporada.


2. Dan Stevens

Personagem: Matthew Crawley
Série: Downton Abbey

Stevens assinou contrato com a série britânica por 3 anos e não estava disposto a renovar. “Downton Abbey” estava no auge, mas o ator sentiu a necessidade de procurar novos desafios, já que se dedicar tanto tempo a apenas um show era muito monopolizante, segundo ele. Com sua decisão, os produtores resolveram matar Matthew Crawley em um acidente de carro na última cena da 3ª temporada, pegando os fãs de surpresa.

3. Dean Norris

Personagem: Hank Schrader
Série: Breaking Bad

A série já se encaminhava para o fim quando Schrader começou a procurar novas oportunidades. Ele recebeu uma proposta para estrelar um sitcom, mas, para isso, seria necessário abandonar as gravações de “Breaking Bad” um pouco antes do final.

Só que para o azar de Schrader, a última temporada foi dividida em 2 partes. Ele implorou que seu personagem fosse morto na primeira metade, mas os produtores o convenceram de que o trabalho de 5 anos do ator seria recompensado com um final apoteótico. Ele teria que esperar a segunda metade da temporada e acabou feliz de ter sido convencido a fazer isso.

4. Charlie Sheen

Personagem: Charlie Harper
Série: Two and a Half Men

Sheen nunca expressou verbalmente que queria sair da série, mas acabou tomando medidas que tornaram impossível ele continuar no programa. Na época, eram comuns os boatos de tretas nos bastidores, e Sheen acabou brigando com o outro protagonista, Jon Cryer, e também com o produtor Chuck Lorre. A relação ficou insustentável, e seu personagem acabou morrendo atropelado pelo metrô antes do início da 9ª temporada, que começou com o seu funeral.

5. John Francis Daley

Personagem: Dr. Lance Sweets
Série: Bones

“Bones” já está em sua 12ª temporada, e é preciso muito preparo para ficar tanto tempo em um só personagem. Daley entrou no programa no 3º ano, mas recebeu a oferta de dirigir o filme “Férias Frustradas” em 2015 e não largou a oportunidade. Como ele não poderia conciliar os dois trabalhos, seu personagem acabou morto na 10ª temporada. O ator não se arrepende, já que o trabalho de diretor era algo que ele sonhava há muito tempo.

6. Josh Charles

Personagem: Will Gardner
Série: The Good Wife

Quando Will Gardner foi morto a tiros pelo seu cliente em pleno tribunal, muitos fãs da série foram pegos de surpresa, mas essa decisão já vinha sendo planejada há bastante tempo. O contrato de Charles sempre foi de curto prazo, necessitando renovações constantes. Ao decidir encerrar sua participação na série, o ator recebeu a notícia de que teria seu personagem assassinado. Charles disse que a decisão foi criativa, principalmente para ele que queria novos desafios.

7. Kal Penn

Personagem: Dr. Lawrence Kutner
Série: House

Nem sempre os atores querem sair das séries para se envolver em outros produtos televisivos: Penn, por exemplo, recebeu uma oferta irrecusável para trabalhar na Casa Branca durante o governo de Obama e acabou aceitando. Para ser eliminado da série, ele ainda topou que seu personagem cometesse suicídio no final da 5ª temporada.

8. T.R. Knight

Personagem: Dr. George O’Malley
Série: Grey’s Anatomy

Os fãs adoravam seu personagem, mas Knight não andava se bicando com Shonda Rhimes, a criadora do programa. Com a relação cada vez mais tensa, o doutor acabou aparecendo cada vez menos na série, até que o ator pediu para ser desligado da equipe. Shonda decidiu matar O’Malley com um atropelamento por ônibus. Cruel!

9. Isaac Hayes

Personagem: Chef
Série: South Park

Em 2006, Isaac Hayes, que dublava o Chef em “South Park”, decidiu pedir demissão depois que o programa zoou violentamente sua religião, a Cientologia. Segundo Hayes, existe uma diferença entre sátira e intolerância, por isso acabou desistindo de apoiar a série de animação. Como resultado, seu personagem acabou morto.

Via Mega Curioso.

Assuntos
Celebridades

Comentários ( )