A estreia da sétima temporada de The Walking Dead angariou com 17 milhões de espectadores ligados, todos em busca da resposta para a pergunta deixada na season finale anterior: afinal, quem Negan matou?

Pelo visto, a reposta pra lá de sanguinária deixou muita gente um tanto quanto traumatizada, já que a série vem sofrendo quedas constantes em seus números totais de audiência desde então.

Foto do episódio 7x05. Fonte da imagem: Divulgação/AMC

Na quinta semana de exibição, com o episódio “Go Getters”, The Walking Dead angariou quase 11 milhões de pessoas ligadas, marca abaixo da média dos últimos anos e vista pela última vez apenas na terceira temporada. Será este um motivo de preocupação para a AMC?

Mesmo esta audiência mais “baixa” mantém a série de zumbis como o programa mais assistido do canal, portanto isso não significa que um cancelamento é iminente (ou mesmo cogitado). A série já está renovada por mais um ano e, segundo os executivos da emissora, deve ser mantida a perder de vista.

Ainda estamos longe da próxima season finale, mas certamente teremos vários episódios que chamarão a atenção até mesmo das pessoas que prometeram nunca mais acompanhar a série por causa das mortes mais recentes (e com direito a cliffhangers enfurecedores para alguns).

Além disso, Negan é um vilão carismático e odioso, alguém que chama a atenção do público quando realmente mostra as garras — o que deve acontecer mais cedo ou mais tarde, quando uma inevitável luta for travada entre os Salvadores e aqueles que querem se livrar da tirania do personagem.

O fato é que a audiência caiu, mas isso ainda não significa que a AMC vai perder noites de sono, muito pelo contrário. A aposta é que logo teremos uma notícia revelando mais números estrondosos de audiência para The Walking Dead. Será?