Globo de Ouro 2016: confira os vencedores em cinema e TV!

  • Por Guilherme Haas em 10/01/2016 - 23:00

A Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood celebrou a 73ª edição do Globo de Ouro, neste domingo, dia 10 de janeiro, premiando filmes, séries, programas de TV e artistas que se destacaram no último ano.

A cerimônia foi comandada novamente por Ricky Gervais, comediante que já havia apresentado as edições de 2010, 2011 e 2012, e que ficou conhecido pelas suas piadas polêmicas, especialmente envolvendo os grandes astros de Hollywood.

Este ano não foi diferente, e Gervais não poupou estrelas como Jennifer Lawrence (e a diferença salarial entre homens e mulheres), Sean Penn (e a recente entrevista com o traficante El Chapo), e Mel Gibson (e seu problemático histórico de alcoolismo e comentários antissemitas).

Abaixo, você pode rever o monólogo de abertura de Gervais:

Sendo a primeira grande premiação da temporada, o Globo de Ouro 2016 começa a definir quais são os filmes e artistas preferidos desta safra cinematográfica, consolidando carreiras e campanhas, e apontando os favoritos para o prêmio da Academia.

O Regresso ganhou vantagem após levar três importantíssimos prêmios na cerimônia. A produção saiu vencedora nas categorias melhor filme dramático, melhor diretor e melhor ator em drama para Leonardo DiCaprio. São grandes vitórias para o filme, que certamente se destaca pela direção de Iñárritu, que cria planos e enquadramentos belíssimos, sem falar em longas sequências que parecem impossíveis de se filmar.

A premiação é também importante para DiCaprio, que parece finalmente destinado a receber seu Oscar! O ator foi ovacionado de pé pelos colegas quando subiu ao palco para receber o Globo de Ouro, o que mostra o reconhecimento de seu trabalho, de sua carreira, e prova como ele é também bastante querido por todos na indústria.

Quem também coletou mais uma estatueta foi Kate Winslet, eterna parceira de DiCaprio em Titanic. A atriz foi reconhecida por seu (incrível) trabalho em Steve Jobs. Esta é a quarta vitória de Winslet no Globo de Ouro. O longa Steve Jobs levou também o prêmio de melhor roteiro, para o popular Aaron Sorkin (de A Rede Social e The West Wing).

Também com duas vitórias, a produção Perdido em Marte foi reconhecida como melhor comédia (apesar de ninguém considerar o filme um representante desse gênero) e rendeu uma estatueta ao seu astro Matt Damon. O longa O Quarto de Jack deu um importante prêmio para Brie Larson, nomeada melhor atriz dramática. Já a estrela Jennifer Lawrence venceu como atriz em comédia por Joy: O Nome do Sucesso.

Lawrence, aliás, chamou novamente a atenção ao lado de sua "bff" Amy Schumer, apresentando uma das categorias. A dupla arrancou risadas da plateia, e já tem gente começando a sugerir que as duas apresentem o próximo Globo de Ouro.

Curiosamente, obras badaladas e que chegavam com força ao Globo de Ouro saíram de mãos vazias. O drama Carol, que liderava em número de indicações; o até então favorito Spotlight - Segredos Revelados; o queridinho da crítica Mad Max: Estrada da Fúria; a comédia que vem ganhando destaque A Grande Aposta; e o filme Trumbo: Lista Negra, que conta uma história do passado de Hollywood e traz grandes nomes no elenco, não levaram nenhuma estatueta.

Nas categorias de TV, o Globo de Ouro continuou sua tradição de premiar novidades e séries estreantes. Nesta edição, as sortudas foram Mr. Robot e Mozart in the Jungle, que levaram as estatuetas de melhor série em suas categorias (drama e comédia, respectivamente), além de renderem prêmios para seus atores: o coadjuvante Christian Slater, no caso de Mr. Robot; e Gael García Bernal, protagonista de Mozart in the Jungle.

A premiação em televisão também teve suas surpresas, com as vitórias de Rachel Bloom, por Crazy Ex-Girlfriend, e Lady Gaga, por American Horror Story: Hotel. Os brasileiros bem que torciam por uma surpresa na categoria melhor ator em série dramática, na esperança de ver Wagner Moura subir ao palco, mas Jon Hamm levou o prêmio pela temporada final de Mad Men.

Confira a lista de vencedores do Globo de Ouro 2016 nas categorias de cinema e televisão:

Cinema

Melhor Filme Dramático

  • Carol
  • Mad Max: Estrada da Fúria
  • O Regresso
  • O Quarto de Jack
  • Spotlight – Segredos Revelados

Melhor Diretor

  • Todd Haynes, por Carol
  • Alejandro G. Iñárritu, por O Regresso
  • Tom McCarthy, por Spotlight – Segredos Revelados
  • George Miller, por Mad Max: Estrada da Fúria
  • Ridley Scott, por Perdido em Marte

Melhor Ator Dramático

  • Bryan Cranston, por Trumbo: Lista Negra
  • Leonardo DiCaprio, por O Regresso
  • Michael Fassbender, por Steve Jobs
  • Eddie Redmayne, por A Garota Dinamarquesa
  • Will Smith, por Um Homem entre Gigantes

Melhor Atriz Dramática

  • Cate Blanchett, por Carol
  • Brie Larson, por O Quarto de Jack
  • Rooney Mara, por Carol
  • Saoirse Ronan, por Brooklyn
  • Alicia Vikander, por A Garota Dinamarquesa

Melhor Filme Musical ou de Comédia

  • A Grande Aposta
  • Joy: O Nome do Sucesso
  • Perdido em Marte
  • A Espiã que Sabia de Menos
  • Descompensada

Melhor Ator em Filme Musical ou de Comédia

  • Christian Bale, por A Grande Aposta
  • Steve Carell, por A Grande Aposta
  • Matt Damon, por Perdido em Marte
  • Al Pacino, por Não Olhe para Trás
  • Mark Ruffalo, por Sentimentos que Curam

Melhor Atriz em Filme Musical ou de Comédia

  • Jennifer Lawrence, por Joy: O Nome do Sucesso
  • Melissa McCarthy, por A Espiã que Sabia de Menos
  • Amy Schumer, por Descompensada
  • Maggie Smith, por A Senhora da Van
  • Lily Tomlin, por Grandma

Melhor Ator Coadjuvante

  • Paul Dano, por Love & Mercy
  • Idris Elba, por Beasts of No Nation
  • Mark Rylance, por Ponte dos Espiões
  • Michael Shannon, por 99 Homes
  • Sylvester Stallone, por Creed: Nascido para Lutar

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Jane Fonda, por Youth
  • Jennifer Jason Leigh, por Os 8 Odiados
  • Helen Mirren, por Trumbo: Lista Negra
  • Alicia Vikander, por Ex-Machina: Instinto Artificial
  • Kate Winslet, por Steve Jobs

Melhor Roteiro

  • O Quarto de Jack
  • Spotlight – Segredos Revelados
  • A Grande Aposta
  • Steve Jobs
  • Os 8 Odiados

Longa de Animação

  • Anomalisa
  • O Bom Dinossauro
  • Divertida Mente
  • Snoopy & Charlie Brown – Peanuts, o Filme
  • Shaun: O Carneiro

Melhor Filme Estrangeiro

  • The Brand New Testament (França/Bélgica/Luxemburgo)
  • O Clube (Chile)
  • O Esgrimista (Finlândia/Alemanha/Estônia)
  • Cinco Graças (França)
  • O Filho de Saul (Hungria)

Melhor Trilha-Sonora Original

  • Carol
  • A Garota Dinamarquesa
  • Os 8 Odiados
  • Steve Jobs
  • O Regresso

Melhor Canção Original

  • "Love Me Like You Do", de Cinquenta Tons de Cinza
  • "One Kind of Love", de Love and Mercy
  • "See You Again", de Velozes e Furiosos 7
  • "Simple Song No. 3", de Youth
  • "Writing's on the Wall", de 007 contra Spectre

Televisão

Melhor Série Dramática

  • Empire
  • Game of Thrones
  • Mr. Robot
  • Narcos
  • Outlander

Melhor Ator em Série Dramática

  • Jon Hamm – Mad Men
  • Rami Malek – Mr. Robot
  • Wagner Moura – Narcos
  • Bob Odenkirk – Better Call Saul
  • Liev Schreiber – Ray Donovan

Melhor Atriz em Série Dramática

  • Caitriona Balfe – Outlander
  • Viola Davis – How to Get Away With Murder
  • Eva Green – Penny Dreadful
  • Taraji P. Henson – Empire
  • Robin Wright – House of Cards

Melhor Série de Comédia

  • Casual
  • Mozart in the Jungle
  • Orange Is the New Black
  • Silicon Valley
  • Transparent
  • Veep

Melhor Ator em Série de Comédia

  • Aziz Anzari – Master of None
  • Gael García Bernal – Mozart in the Jungle
  • Rob Lowe – The Grinder
  • Patrick Stewart – Blunt Talk
  • Jeffrey Tambor – Transparent

Melhor Atriz em Série de Comédia

  • Rachel Bloom – Crazy Ex-Girlfriend
  • Jamie Lee Curtis – Scream Queens
  • Julia Louis-Dreyfuss – Veep
  • Gina Rodriguez – Jane the Virgin
  • Lily Tomlin – Grace and Frankie

Melhor Minissérie ou Filme para TV

  • American Crime
  • American Horror Story: Hotel
  • Fargo
  • Flesh & Bone
  • Wolf Hall

Melhor Ator em Minissérie ou Filme para TV

  • Idris Elba – Luther
  • Oscar Isaac – Show Me a Hero
  • David Oyelowo – Nightingale
  • Mark Rylance – Wolf Hall
  • Patrick Wilson – Fargo

Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV

  • Kirsten Dunst – Fargo
  • Lady Gaga – American Horror Story: Hotel
  • Sarah Hay – Flesh & Bone
  • Felicity Huffman – American Crime
  • Queen Latifah – Bessie

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Filme para TV

  • Alan Cumming – The Good Wife
  • Damian Lewis – Wolf Hall
  • Ben Mendelsohn – Bloodline
  • Tobias Menzies – Outlander
  • Christian Slater – Mr. Robot

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Filme para TV

  • Uzo Aduba – Orange is the New Black
  • Johane Frogat – Downton Abbey
  • Regina King – American Crime
  • Judith Light – Transparent
  • Maura Tierney – The Affair

O que você achou da premiação? Gostou dos vencedores? Torcia por outras produções ou artistas? Deixe abaixo o seu comentário.

Assuntos
Premiações, Cinema

Comentários ( )