O estúdio Universal está tendo uma dor de cabeça com a pré-produção do oitavo longa da franquia Velozes & Furiosos. De acordo com o site Hollywood Reporter, a companhia está com dificuldades para encontrar um diretor para comandar o filme.

Segundo a reportagem, o diretor James Wan, que realizou Velozes & Furiosos 7, optou por não assumir a direção do próximo filme, apesar da Universal ter oferecido um alto salário ao cineasta.

Wan recusou o trabalho supostamente por ter sofrido tanto mentalmente quanto fisicamente com a longa e exaustiva produção de Velozes & Furiosos 7, que precisou lidar com a morte repentina de Paul Walker em um acidente de carro. Em vez disso, Wan preferiu assumir o comando da sequência de Invocação do Mal.

Fonte da imagem: Reprodução/Universal

Além disso, aparentemente o astro Vin Diesel se mostrou uma pessoa muito difícil de trabalhar, de acordo com fontes do Hollywood Reporter: "Como produtor, parece que ele questiona até mesmo pequenos detalhes em sequências de ação elaboradas, muitas vezes atrapalhando a complexa produção. Ele também era conhecido por convocar a equipe tarde da noite para repassar o roteiro, a fim de deixá-lo confortável com seu personagem e com os diálogos".

A Universal Pictures tentou ainda contratar Justin Lin, que já dirigiu quatro filmes da franquia no passado, mas o diretor optou por conduzir o próximo filme de Star Trek para a Paramount. A reportagem do Hollywood Reporter conta, por fim, que Vin Diesel precisa ser consultado sobre as opções de direção, e fontes dizem que o estúdio teme que o astro queira ele próprio assumir o projeto.

Velozes & Furiosos 8 tem uma data de estreia prevista para abril de 2017, mas que pode sofrer atraso caso o estúdio não encontre logo um diretor para o filme.