Homem-Aranha: novo ator, spin-offs e mais detalhes do acordo Marvel/Sony [cinema]

  • Por Guilherme Haas em 11/02/2015 - 13:00

A Marvel Studios e a Sony Pictures anunciaram ontem um acordo para o desenvolvimento criativo em conjunto das próximas aventuras do Homem-Aranha nos cinemas, incluindo participações em futuros filmes do Universo Marvel, bem como novos longas solo do cabeça-de-teia. A notícia deixou os fãs em polvorosa e quase quebrou a internet com tanta agitação.

Fonte da imagem: Reprodução/Marvel Comics

Passado o calor da novidade, muitos se perguntam sobre os detalhes desse acordo; afinal, qual é o plano para reapresentar o personagem nos cinemas? O ator Andrew Garfield foi mesmo descartado? Não haverá um terceiro filme do Espetacular Homem-Aranha? E como e quando o herói vai ser introduzido no Universo Marvel?

De acordo com reportagens da Variety e do The Hollywood Reporter, o Espetacular Homem-Aranha 3 está definitivamente cancelado, e o ator Andrew Garfield bem como o diretor Marc Webb foram deixados de lado. O estúdio procura agora um ator mais jovem para interpretar o novo Peter Parker, e a proposta é levar o personagem de volta ao colégio! Quem poderia assumir essa responsabilidade?

Um novo Homem-Aranha

De certa forma, reapresentar o personagem parece ser a única solução possível para integrar Peter Parker ao Universo Cinematográfico da Marvel. Afinal, não teria como explicar a existência do Homem-Aranha de Andrew Garfield por todo esse tempo, enquanto os Vingadores já estavam travando batalhas em Nova York, não é mesmo?

Portanto, um reboot do personagem parece ser a melhor opção: um novo ator e uma nova história de origem se fazem necessários para colocar o Homem-Aranha ao lado dos Vingadores da Marvel. De acordo com as reportagens, a ideia é mesmo reapresentar o cabeça-de-teia ainda em Capitão América: Guerra Civil (maio de 2016), e, no ano seguinte, lançar uma nova aventura solo do personagem.

Homem-Aranha na narrativa da Guerra Civil. Fonte da imagem: Reprodução/Marvel Comics

Isso gera pelo menos um problema. Quem conhece a narrativa da Guerra Civil dos quadrinhos sabe que Peter Parker tem um importantíssimo papel na trama, especialmente em relação à sua identidade secreta e à Lei de Registro dos Super-Heróis. Mas, se o Homem-Aranha não é um personagem estabelecido nesse Universo, qual seria o impacto de sua “revelação”? Ou então ele teria outra função a exercer nessa briga entre Tony Stark e Steve Rogers?

Sabemos que o Universo Cinematográfico da Marvel tem muitas diferenças em relação aos quadrinhos, e o terceiro filme do Capitão América não deve adaptar fielmente a história da Guerra Civil – mas esperamos ver pelo menos alguns pontos principais da trama, certo?

Sony segue com spin-offs de Homem-Aranha

As coisas começam a ficar ainda mais complicadas de entender com a proposta da Sony de seguir em frente com as spin-offs de Homem-Aranha! Isso mesmo: apesar de O Espetacular Homem-Aranha 3 estar cancelado, o estúdio continua desenvolvendo os filmes do Sexteto Sinistro, do Venom e até mesmo uma produção estrelada apenas por personagens femininas das histórias do Homem-Aranha.

O Homem-Aranha combate o Sexteto Sinistro nos quadrinhos. Fonte da imagem: Reprodução/Marvel Comics

Como isso vai funcionar? Ninguém sabe ao certo. De acordo com a Variety, o todo-poderoso da Marvel Studios, Kevin Feige, vai auxiliar no projeto do novo filme solo do Homem-Aranha para a Sony, mas não vai se envolver com as spin-offs!

Aí reside o perigo de que esses outros filmes da Sony possam se passar dentro do mesmo Universo da Marvel (do novo Homem-Aranha), mas sem ter a supervisão de Feige. Ou será que a Sony vai realizar um universo paralelo do cabeça-de-teia para essas spin-offs? Vamos ter que esperar para ver!

Detalhes do acordo

É difícil imaginar que a Marvel deixe a Sony “entrar” simplesmente em seu Universo Cinematográfico, ainda que pegue emprestado o personagem mais popular da companhia. Os detalhes do acordo firmado entre as duas empresas revelam, na verdade, que não houve (nem haverá) nenhum tipo de pagamento pelo uso "compartilhado" do Homem-Aranha.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a Sony vai se beneficiar apenas da exposição de ter um novo e jovem Homem-Aranha dentro do popular Universo Marvel, enquanto a Marvel vai se aproveitar de ter o herói mais valorizado da companhia em sua lucrativa franquia cinematográfica.

Balançando entre a Marvel e a Sony. Fonte da imagem: Reprodução/Marvel, Sony

A negociação firmada entre os estúdios estabelece que a Sony não vai receber nada pelo empréstimo do Homem-Aranha para a Marvel. Da mesma forma, a Marvel não vai ganhar nada, nem uma parcela da bilheteria, dos futuros filmes do personagem pela Sony.

A reportagem destaca ainda que a Marvel possui os direitos de merchandising do Homem-Aranha, o que significa que a empresa já arrecada muito dinheiro com os filmes da Sony (mesmo que eles fracassem). Tudo isso indica que a Sony sentia mesmo que precisava da ajuda da Marvel para revitalizar o personagem nos cinemas, que vinha numa trajetória descendente nos últimos filmes.

Ainda pela reportagem do The Hollywood Reporter, um analista de mercado disse ver o acordo entre as partes como um primeiro passo para a Marvel readquirir por completo os direitos sobre o Homem-Aranha, enquanto outra fonte acredita que a Disney está se posicionando para adquirir a Sony Pictures caso o estúdio venha a se tornar disponível.

Saiba mais: Oficial! Homem-Aranha vai aparecer nos filmes da Marvel

Assuntos
Cinema

Comentários ( )