Capitão América: Guerra Civil escala Daniel Brühl e gera boatos sobre trama [cinema]

  • Por Guilherme Haas em 17/11/2014 - 09:36

Na última sexta-feira, dia 14 de novembro, a Marvel Studios anunciou a escalação do ator alemão Daniel Brühl, conhecido por filmes como The Edukators, Bastardos Inglórios e Rush – No Limite da Emoção, para um personagem no filme Capitão América: Guerra Civil.

O ator Daniel Brühl entra para o elenco de Capitão América: Guerra Civil. Fonte da imagem: Reprodução/Getty Images

O fato de o estúdio não revelar qual é o papel de Brühl na produção provocou uma série de especulações pela internet. O site Deadline chegou a informar que o ator interpretaria um vilão, o que fez os fãs consideraram que Brühl seria o Barão Zemo, figura que acompanha toda a história de Steve Rogers desde a sua origem (de passado nazista) e que tem participação na narrativa da Guerra Civil nos quadrinhos (junto aos Thunderbolts).

Porém, a Variety informou que Daniel Brühl não será o vilão principal de Capitão América: Guerra Civil, mas que poderia ser a maior ameaça de Doutor Estranho! Isso significa que seu personagem pode ser apresentado no terceiro filme do Capitão América e então explorado na aventura solo de Stephen Strange – estranho, não?

O que fica ainda mais curioso é que a mesma publicação informou que o vilão Ossos Cruzados, visto em Capitão América: O Soldado Invernal na interpretação de Frank Grillo, deverá servir como principal antagonista do terceiro longa do Capitão América. Porém, o ator disse recentemente (através do Twitter) que não sabe nada sobre o projeto!

A Guerra Civil coloca Homem de Ferro e Capitão América em lados opostos da Lei. Fonte da imagem: Reprodução/Marvel Comics

Por fim, outra reportagem, dessa vez pela Badass Digest, sugere que Bucky Barnes, o Soldado Invernal, será central na história de Capitão América: Guerra Civil. Para quem conhece a narrativa dos quadrinhos, pode entender a importância desse personagem na continuação da saga do Capitão América, mas ainda temos que descobrir como a Marvel vai adaptar a narrativa sobre a Lei de Registro de Super-Heróis e o confronto entre Rogers e Tony Stark no filme – e, então, como os outros personagens se encaixam nessa trama.

Analisando todos esses boatos e especulações, parece fazer mais sentido que Brühl tenha sido contratado para viver mesmo o Barão Zemo, especialmente se o filme for desenvolver mais a relação entre Rogers e Bucky Barnes. Nos quadrinhos, o vilão é responsável pelo congelamento do Capitão América e pela suposta morte de Bucky Barnes. A história de Zemo teria que ser diferente nos filmes, considerando o que já foi apresentado em Capitão América: O Primeiro Vingador, mas a Marvel deve encontrar uma maneira de aproveitar corretamente o personagem.

O Barão Zemo nos quadrinhos, o ator Daniel Brühl e Bucky Barnes no filme Capitão América: O Soldado Invernal. Fonte das imagens: Reprodução/Marvel Comics, Getty Images, Marvel Studios

E você, tem teorias sobre a escalação de Daniel Brühl? Consegue imaginar como a Marvel vai adaptar a narrativa da Guerra Civil e, ao mesmo tempo, dar continuidade na história do Soldado Invernal? Conte para a gente o seu ponto de vista!

Comentários ( )