Fonte da imagem: Divulgação/NBC

Apesar de ter sido um projeto pessoal do presidente da NBC, Bob Greenblatt, que inúmeras vezes comentou sobre sua paixão pelo clássico personagem, Dracula foi oficialmente cancelada pela emissora e não retornará para uma segunda temporada.

O programa, estrelado por Jonathan Rhys Meyers teve uma audiência modesta nas noites de sexta-feira, com uma média de 5 milhões de espectadores em sua primeira temporada, e uma recepção morna da crítica.

Foi, porém, o problema do ator com as drogas que mais chamou a atenção da mídia sobre os bastidores da série. O astro teve grande parte do seu salário retido pela emissora até que terminasse as gravações dos 10 episódios da primeira temporada de Dracula, como forma de garantir que continuasse o trabalho.

A séries se junta aos demais cancelamentos da NBC, que anunciou o fim de Believe, Revolution, Community e outras séries nos últimos dias.

Triste com o cancelamento de Dracula? Comente abaixo.